Homem mostrando celular

Entenda a diferença entre um App Nativo e um App Híbrido

Ter um app deixou de ser luxo, se tornou tão necessário quanto ter o próprio site ou usar as redes sociais para negócios. O mundo está online e o mercado deve sempre se adaptar às novidades e ao comportamento do consumidor. Nós inclusive já falamos aqui sobre como criar um app e sobre o valor de um App. Mas na hora de desenvolver um App para celular, você sabe a diferença entre ter um App Nativo ou Híbrido? É isso que viemos te ajudar a entender, o que difere esses dois tipos de aplicativos e quais as vantagens e desvantagens de cada um.

App Nativo

Um App Nativo é desenvolvido especificamente para a plataforma que pretende funcionar. O programador escreve um código na linguagem dessa plataforma, ou seja, para um App nativo Android usa-se Java e para App iOS usa-se Objective-C ou Swift. Os aplicativos nativos mais conhecidos são o Whatsapp, Instagram e Skype.

A grande vantagem de um aplicativo nativo é o uso de recursos do aparelho. Como o código é escrito especificamente para uma plataforma, é possível usar todos os recursos que existem nela, como câmera, microfone, GPS, etc.

Isso sem falar da velocidade com que esse aplicativo irá funcionar, após o download na Loja de App da plataforma toda estrutura desse software fica armazenada no dispositivo e isso faz com que o funcionamento seja muito mais rápido, muitos desses App’s podem inclusive funcionar offline.

Em contrapartida o preço e o tempo de desenvolvimento podem ser impeditivos para essa escolha. Por ser nescessário um desenvolvimento para cada plataforma, o tempo de execução do projeto é maior e o custo com equipe (um especialista para cada linguagem) também.

App Híbrido

Já o App Híbrido é escrito uma única vez, na linguagem que o programador estiver familiarizado (HTML, CSS ou Java Script) e com a ajuda de uma ferramenta é convertido nas linguagens específicas de cada plataforma. Ele funciona como um app nativo, mas utiliza uma página web dentro do app para visualização. A Netflix e Airbnb são exemplos de sucesso de aplicativos híbridos.

Em comparação com um app nativo, o tempo de desenvolvimento é muito menor, já que é necessário escrever o código apenas uma vez. Consequentemente o valor também é reduzido, já que a equipe e os recursos necessários são menores.

Porém, um app híbrido pode ter algumas limitações quanto ao uso de recursos do aparelho, isso pode ser resolvido com o uso de plugins, mas nem sempre esses estão disponíveis.

Esse tipo de app também tem uma baixa performance já que funciona em duas camadas consumindo mais dados e espaço da memória RAM.

Qual devo escolher?

Pronto, agora você já sabe exatamente qual a diferença entre esses dois tipos de aplicativos, conhece seus pontos positivos e negativos. Para decidir qual será o tipo de aplicativo da sua empresa pense na funcionalidade que deseja e o que é importante para chegar ao seu objetivo final. Pense também no quanto você pretende investir nessa ferramenta, se vale a pena pagar mais por um produto mais complexo ou se o básico atende suas necessidades.

.

Você também pode entrar em contato conosco para te ajudarmos à escolher qual será aplicativo ideal para o seu negócio. Aqui na TechDes nós temos tudo que precisa para ser referência digital em seu mercado!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn